Ibope indica disputa entre Arruda e Agnelo

    17
    0
    COMPARTILHAR

    Governador aparece em empate técnico com Rollemberg


    A primeira pesquisa Ibope para governo do Distrito Federal, divulgada ontem, indica que haverá segundo turno na disputa pelo governo no Distrito Federal. No questionário estimulado, José Roberto Arruda (PR) lidera a pesquisa com 32%, mas na soma total das intenções de votos válidos não alcança a margem necessária para vencer em primeiro turno.
    O ex-governador é seguido pelo candidato à reeleição Agnelo Queiroz (PT), que tem 17% das intenções de voto e está empatado tecnicamente, dentro da margem de erro de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo, com o senador Rodrigo Rollemberg (PSB), que tem 15% das intenções de votos.
    Terceiro colocado na corrida ao Buriti em 2010, Toninho Andrade (PSOL) está empatado com o deputado federal Luiz Carlos Pitiman (PSDB)  com 6% cada, seguidos pela candidata Perci Marrara (PCO), em último lugar com 1% das intenções de voto.
    Indefinidos são 23%
    A pesquisa foi realizada, por encomenda especial da Rede Globo,  entre os dias 26 e 28 de julho com 1.204 eleitores de todas partes do Distrito Federal. Revelou ainda que o número de eleitores que declararam que votarão branco ou nulo é de 13% e que não souberam ou não responderam são 10%.
    A coordenação de campanha de Rollemberg comemorou o resultado da pesquisa. Segundo ela, “o empate com o governador, no início da campanha, quando pouca gente sabe que o Rodrigo é candidato ao governo é ótima para nós”.

    Menor rejeição
    Entre os candidatos ao governo, Rodrigo Rollemberg é quem tem a menor rejeição. Segundo o Ibope, o senador tem 7%. Já o governador Agnelo Queiroz tem a maior, com 46% da rejeição, seguido pelo ex-governador José Roberto Arruda com 32%, Toninho do PSOL e Luiz Pitiman, outra vez empatados com 9% e Perci Marra com 8% completam a lista.

    Espontânea repete ordem
     
    A pesquisa espontânea também encomendada pela Rede Globo reproduz o resultado da estimulada. Nessa fase da pesquisa, os entrevistadores do Ibope simplesmente perguntam ao eleitor em quem votará (sem apresentar a ele a relação dos candidatos). Nela, quem  ficou à frente  também foi  o ex-governador José Roberto Arruda. A seguir, está o governador Agnelo Queiroz, com 11%.
     
    Como a pesquisa espontânea tem muito de reconhecimento do nome, a distância para Rodrigo Rollemberg, que teve 5%, foi proporcionalmente maior, aí sem empate técnico. Vêm depois  Toninho Andrade e  Pitiman, com 2%. Perci Marrara não foi citada, mas 1% dos entrevistados mencionaram outros nomes, que não são de candidatos. 
    A pesquisa mostrou ainda que muitos eleitores desconhecem os candidatos ou mostram rejeição pelos que  conhecem. Nada menos do que 46% dos entrevistados deixaram de responder. Brancos e nulos somaram 14%.
     
    Saiba mais
     
    A gestão de Agnelo Queiroz também foi avaliada pelo Ibope. Dos entrevistados, 16% declararam que acham o governo ótimo ou bom. Trinta por cento o avaliam como regular, enquanto 50% acham a gestão de Agnelo ruim ou péssima.
    Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here