Candidatos a deputado distrital terão de deixar a campanha

    17
    0
    COMPARTILHAR
    Presidente da Câmara garante que as sessões vão acontecer normalmente
    Os distritais que interrompam a campanha em dias de votação. A agenda da Câmara Legislativa não será alterada durante o período eleitoral. Ao menos é o que garante o presidente da Câmara, Wasny de Roure (PT), mesmo estando também em plena campanha pela reeleição.
    wasny-CLDFO parlamentar afirma que não pode alterar o regimento para que os distritais saiam às ruas em busca de votos. Pretende, portanto, levar ao Plenário matérias que não tiveram sua tramitação concluída no semestre passado. Entre os projetos que devem ser apreciados estão a estratégica Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) e o Plano Diretor Local do Guará (PDL). Não se chegou a acordo para votá-los no semestre passado e por isso devem votar para as comissões de origem.
    Agenda
    “O funcionamento da Casa será normal. Mesmo sendo presidente, eu não tenho poder para suprimir o Regimento Interno para que os deputados façam campanha”, diz Wasny.
    O presidente afirma que não poderá impedir que os distritais deixem de comparecer às sessões, mas entrará em acordo com os parlamentares para que estejam presentes as votações de maior peso.
    Wasny explica que nos anos anteriores, para que não houvesse evasão, os líderes combinavam quais matérias seriam levadas a Plenário e as matérias prioritárias.
    Oficialmente, o recesso de meio de ano terminou ontem e a primeira sessão está marcada para terça-feira. A reunião de líderes, que ocorre antes das sessões, não deverá ocorrer por compromissos políticos do presidente.
    Agnelo quer apoio a Dilma
    Durante caminhada e inauguração de comitês no Riacho Fundo I, ontem, o candidato à reeleição Agnelo Queiroz (PT) pediu apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) e atacou o candidato à Presidência da República e ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).
    Agnelo afirmou que Campos tem prometido como candidato o que não realizou no Executivo do estado nordestino.
    “Até 2018 todo o Distrito Federal, assim como já ocorre em Brazlândia, terá escolas em tempo integral. Agora tem um candidato que foi governador de Pernambuco dizendo que vai fazer a mesma coisa em todo o País. Eles nada fizeram em quatro anos de governo lá e agora estão dizendo que vão fazer no Brasil inteiro?”, atacou Agnelo.
    Durante a caminhada, Agnelo visitou estabelecimentos ao lado de militantes e inaugurou dois comitês de candidatos do PT, antes de se encaminhar para o comitê majoritário, na QS do Riacho Fundo I.
    Coincidência
    Hoje, o candidato petista vai à Feira dos Goianos do Gama, pela manhã, mesmo horário de seu adversário Rodrigo Rollemberg (PSB).
    Arruda promete melhoria
    Aos feirantes de Sobradinho, com quem se encontrou em caminhada na tarde de ontem, o ex-governador José Roberto Arruda avisou que executará as melhorias que têm reivindicado: a instalação de um posto policial e de um ponto de táxi, além da construir proteção contra alagamentos no período de chuva.
    “A feira é um lugar importante na vida das famílias, é o lugar onde as donas de casa compram comida e portanto deve ser tratada com cuidado. Na minha gestão, o governo anda rápido, com eficiência, então podem ficar tranquilos que os pedidos são justos e nós atenderemos”, afirmou Arruda.
    A chegada do candidato à Feira Central causou comoção. Ele foi cercado de imediato por um grupo de quarenta feirantes. “Quando eu voltar, volta tudo comigo”, agradeceu Arruda.
    A antiga Feira Livre de Sobradinho foi derrubada e reerguida no governo Arruda. O ex-presidente da associação dos comerciantes, conhecido como Raimundinho, de 41 anos, disse que Arruda entregou uma feira nova e limpa, totalmente estruturada, com cobertura e banheiros.

    Fonte:  Jornal de Brasília

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here