Baixaria no DEM: Alberto Fraga registra ocorrência contra a Furacão da CPI

    23
    0
    COMPARTILHAR

    fragaXfuracaoO DEM protagonizou a primeira grande baixaria da campanha eleitoral. O presidente regional do partido, Alberto Fraga, registrou ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia na tarde de hoje (24) contra a candidata a deputada distrital Denise Rocha Leitão. A advogada e ex-assessora ganhou notoriedade depois de protagonizar um vídeo de sexo que vazou na época da CPI do Cachoeira no Congresso. Com isso, ela ganhou o apelido de Furacão da CPI e foi convidada para participar de um reality show.

    Fraga acusa Denise de calúnia e difamação. Tudo começou quando a candidata procurou o presidente do DEM em busca de dinheiro para a campanha. “Ela veio me pedir R$ 400 mil e eu expliquei que não é assim que se disputa uma eleição. Ofereci a ela um kit com santinhos e adesivos, como fiz com todos os candidatos do DEM. Mas ela não gostou da resposta e começou a me xingar nas redes sociais”, conta Fraga.
    Denise nega que seja a autora dos xingamentos. Ela afirma que as agressões a Alberto Fraga são obra de seus fãs. “Eu só postei na internet o que havia acontecido, contei que me fizeram uma promessa e não cumpriram. Meus fãs, que são muito fiéis e me protegem muito, é que ficaram indignados com tudo o que aconteceu”, conta Denise. “Ele (Fraga) me convidou várias vezes para entrar no DEM e para concorrer, disse que eu teria toda a estrutura. Mas não cumpriu com a palavra”, acrescenta a candidata.

    Fonte: Coluna Eixo Capital/Correio Braziliense

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here