Mais 2,3 mil professores são nomeados para a rede pública do DF

    19
    0
    COMPARTILHAR

    Além deles, outros 80 aprovados em certame de 2010 para a carreira de Assistência à Educação também foram convocados

    Mais 2,3 mil professores são nomeados para a rede pública do DF

     

     

    O governador Agnelo Queiroz assinou, nesta quarta-feira (11), decretos para nomear professores e servidores de Assistência à Educação que passarão a integrar o quadro de servidores públicos do GDF imediatamente. No total, foram convocados 2.442 profissionais, sendo a maior parte deles (2.362) docentes. 
    “Hoje é um momento especial em que estamos anunciando a maior convocação de professores da história do Distrito Federal. Estamos liquidando o concurso de 2010, com a convocação de 80 pessoas, e já chamando os primeiros aprovados do concurso de 2013. Com isso, estamos garantindo um segundo semestre sem risco de alunos ficarem sem aulas por falta de professores”, destacou Agnelo Queiroz. 
    No certame de 2013, foram 89 mil inscritos. Desses, 4.190 foram aprovados. Vale destacar que existe um banco de reserva com 13 mil docentes para contratação temporária. “Estamos planejando que 2015 comece também sem a falta de professores”, observou o chefe do Executivo local. 
    O número de convocados é resultado de estudo realizado pela Secretaria de Educação, em conjunto com a Secretaria de Administração Pública, de forma a atender os limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal do DF. Os nomeados suprirão as carências dos profissionais que se aposentaram ou estão em outras licenças amparadas por lei. 
    DISCIPLINAS – Os professores convocados atuarão em 16 disciplinas, entre elas artes, matemática, francês, inglês, contabilidade e educação física. E, pela primeira vez no DF, segundo Agnelo Queiroz, foram contratados professores de Libras, um total de 17. “É o simbolismo da inclusão social”, frisou. Os docentes atenderão todas as regiões administrativas, com prioridade para as áreas mais carentes, como Brazlândia, Ceilândia e Gama. 
    Os profissionais nomeados para a carreira de Assistência à Educação reforçarão as áreas de fonoaudiologia, arquivo, nutrição, psicologia e serviço social. Esses servidores exercem funções estratégicas e importantes para o desenvolvimento integral dos alunos. 
    BALANÇO – Desde 2011, 7.899 pessoas foram nomeadas para trabalhar na área de Educação, somando educadores e profissionais de assistência de educação, e incluindo as nomeações feitas hoje. Além disso, o GDF renovou, em janeiro deste ano, o contrato dos 6,5 mil docentes temporários que atuaram na rede em 2013. 
    “Esta é a primeira vez que concursados são tratados com a dignidade que merecem. Nos últimos quatro anos, tivemos muitas lutas, mas foi o período, em toda a história do DF, em que tivemos o maior número de nomeados”, agradeceu o diretor do Sindicato dos Professores do DF, Washington Dourado.
     
    da Agência Brasília

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here