No dia mundial do meio ambiente, Itapoã recebe 73º parque do DF

    21
    0
    COMPARTILHAR

    Local foi idealizado por alunos de escola pública da região

    No Dia Mundial do Meio Ambiente, Itapoã recebe o 73º parque do DF

    Foto: Dênio Simões / GDF

     
     O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quinta-feira (5), foi comemorado no Distrito Federal com a criação do Parque Ecológico Sementes do Itapoã e com a nomeação de 80 profissionais ligados à área ambiental. A instituição da reserva, que passa a ser o 73º parque do DF, foi feita em atendimento ao pedido de crianças da cidade. 
    O Parque Ecológico Sementes do Itapoã foi idealizado, segundo o governador Agnelo Queiroz, por crianças entre 9 e 10 anos que estudam no Centro de Ensino Fundamental Zilda Arns, localizado na cidade. Os alunos escreveram uma carta ao chefe do Executivo pedindo que uma grande área, de 9,3 hectares, fosse transformada em um parque. 
    “O Itapoã é uma cidade que carece de áreas verdes para o lazer e para a família, e o parque é justamente uma reivindicação da comunidade, das crianças que se organizaram. É uma conquista maravilhosa para o Distrito Federal”, frisou o governador Agnelo Queiroz. 
    Ao receber o documento, em 2012, o governador deu início ao processo para que o local se transformasse, de acordo com a vontade da comunidade, em uma área de preservação e de lazer para os moradores. 
    “Recebemos o documento dos meninos e procuramos fazer todo o encaminhamento legal com estudos, georeferenciamento e audiências públicas, e tudo isso levou um tempo. Nosso parque está totalmente regular e a comunidade do Itapoã não vai se esquecer desta data tão importante para nós ambientalistas”, acrescentou o presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Nilton Reis. 
    O parque está situado próximo à DF-440 e abriga uma vasta diversidade de espécies. Agora, ao se tornar efetivamente uma área de preservação, o local integrará o programa “Brasília, Cidade Parque” e poderá receber investimentos do Governo do Distrito Federal. 
    Além da criação da área de preservação, o governador Agnelo Queiroz assinou, durante solenidade no Palácio do Buriti, o ato de nomeação de 40 auditores ambientais e 40 auditores fiscais de transporte para atuarem em prol do meio ambiente em todo o DF. 
    Na mesma ocasião, o chefe do Executivo assinou a adesão ao Pacto Nacional pela Gestão das Águas, protocolo que ajuda na gestão e na preservação de recursos naturais.
     
    da Agência Brasília

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here