Advogado diz que sentença reconhece que não houve irregularidade.

    18
    0
    COMPARTILHAR

    Justiça do DF inocenta Joaquim Roriz em caso da ‘Bezerra de Ouro’


     

    A Justiça do Distrito Federal inocentou o ex-governador Joaquim Roriz da acusação de favorecimento ilegal no caso que ficou conhecido como “Bezerra de Ouro”. O episódio ocorreu em 2007. Na época, o então chefe do executivo renunciou ao mandato de senador.
    Para o advogado de Roriz, a sentença é um reconhecimento de que não houve nada de irregular na operação.
    O ex-governador recebeu dois cheques de R$ 2,2 milhões emitido pelo empresário Nenê Constantino. Roriz afirmou que pegou o dinheiro emprestado para comprar o embrião de uma bezerra de raça, em São Paulo.
    Na decisão, o juiz Jansen Fialho afirmou que o réu apenas usou da amizade que tinha com o então presidente do BRB para descontar o cheque de outro banco na tesouraria da instituição de Brasília.
    Fonte: G1

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here