Ex-administrador de Taguatinga (QUE FOI PRESO) é pré-candidato, Carlos Jales tenta mostrar que tem luz própria

    60
    0
    COMPARTILHAR

     

     
    Parece que o ex-administrador de Taguatinga, Carlos Jales, preferiu seguir o seu caminho. Os dois anos em que esteve à frente da Administração Regional de Taguatinga deu a Jales a perspectiva de concorrer a uma vaga na Câmara Legislativa. 
     
    Sentindo-se traído por Mesquita e Padre Moacir. Talvez o sentimento de traição tenha levado Carlos Jales a se lançar pré-candidato a deputado distrital pelo PTB.
     
    De acordo com alguns militantes do partido, o administrador que foi exonerado do cargo, em novembro de 2013, por participar de um suposto esquema de corrupção de agentes públicos para a concessão de alvarás para empreendimentos imobiliários no DF, vem se reunindo constantemente nas redondezas de Taguatinga a fim de consolidar sua candidatura. 
     
    A informação que se tem, é que até as lideranças que acompanhavam o Padre Moacir estejam aderindo à campanha de Carlos Jales. Ressoa no meio dos integrantes do PTB que o ex-administrador não deixará barato as acusações que o levou a ser exonerado da administração de Taguatinga. Isso seria um combustível para destronar o deputado Washington Mesquita. 
     
    As reuniões que vêm acontecendo pelo menos quatro vezes por semana,
     
    O foco das reuniões gira em torno de mostrar ao eleitor um administrador eficiente, competente e injustiçado por partidos opositores que plantaram falsas acusações, que o levaram para cadeia. 
    O Guardian Notícias andou pela cidade de Taguatinga e descobriu que alguns empresários estão com saudades de Carlos Jales. As acusações que pesam contra Jales ainda não foram aceitas pelo Ministério Público. Deve ser esse fator que dá combustível ao ex-administrador, pois no jogo do poder os bastidores são essenciais.
     
    FONTE: GUARDIAN NOTICIAS
     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here