Tribunal vê sobrepreço de R$ 8,7 milhões em licitação para obra no DF

    18
    0
    COMPARTILHAR

     

    Concorrência é para a expansão habitacional de áreas no Riacho Fundo II.
    Licitação é estimada em R$ 67 milhões; GDF ainda não se pronunciou.

     
    O Tribunal de Contas do Distrito Federal encontrou sobrepreço de R$ 8,7 milhões na licitação para obras de infraestrutura na expansão do Riacho Fundo II e por causa da irregularidade determinou que o GDF suspenda o serviço.
    A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab) negou, por e-mail, que tenha havido sobrepreço. “A cotação dos materiais e serviços para a execução da urbanização do Riacho Fundo II foi feita com base na planilha orçamentária da Novacap – adotada pelo governo do Distrito Federal. Porém, um novo entendimento do Tribunal de Contas do DF passou a considerar, para efeito do cálculo, a tabela Sicro – utilizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para urbanização de rodovias no Brasil -, e a tabela Sinapi – utilizada pela Caixa Econômica Federal para orçar as obras de urbanização”, diz a Codahab.
    A empresa informou ainda que foi notificada nesta segunda-feira sobre a decisão do TCDF e que vai encaminhar uma resposta ao Tribunal ainda nesta semana. Também informou ter agendado para quinta reunião entre os engenheiros que fazem orçamentos da companhia e a equipe técnica do Tribunal.
    Segundo o tribunal, a suspensão da obra trata-se de uma medida cautelar referente aos conjuntos residenciais da 5ª etapa de expansão do Riacho Fundo II. A concorrência, estimada em R$ 67 milhões, inclui serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação, abastecimento de água, esgotamento sanitário e rede de distribuição de energia elétrica.
    As irregularidades no preços foram identificadas pelo TCDF após uma auditoria feita pelo núcleo de fiscalização de obras do órgão. A data de abertura das propostas para a licitação estava prevista esta segunda-feira (17).

    Do G1 DF

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here