A favor da educação e a favor da saúde

    38
    0
    COMPARTILHAR

    A Câmara votou em plenário o projeto sobre a distribuição dos royalties do petróleo para a educação e para a saúde. No entanto, a proposta de destinar 50 por cento dos royalties do petróleo e participações especiais dos contratos de concessão do pré-sal para a educação, está na contramão da sociedade. Tal proposta desestrutura o Fundo Social que é uma espécie de poupança pública para garantir a distribuição das riquezas do petróleo e do pré-sal para as futuras gerações.
    Ao governo cabe utilizar somente o retorno dessas aplicações em projetos e programas nas áreas da educação, saúde, esporte, combate à pobreza e na área de ciência e tecnologia.
    Além disso, os valores apresentados no Projeto de Lei da Câmara não são reais, uma vez que o cálculo considerando um período de dez anos tem valores fantasiosos. Em razão disso, o deputado federal Ronaldo Fonseca (foto) votou no projeto do Senado, cuja estimativa real é de 232,58 bilhões de reais para a educação e saúde seguindo a proporção de 75 e 25 por cento.
    “Para mim, o projeto votado na Câmara não representa, de fato, os anseios do povo que clama por mais saúde e mais educação. Portanto, o meu voto foi a favor da educação e a favor da saúde considerando as possibilidades reais do projeto pelo qual votei.” disse Fonseca.
    fonte: http://www.ronaldofonseca.com.br/news/como-votei/

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here